O que é o IDSC?

Fala, galera! Beleza?

No artigo anterior, falamos sobre o que é o IPSC, que é basicamente uma modalidade de tiro esportivo realizada em um campo de competição, com armas curtas, rifles e pistolas com ou sem modificações divididas em categorias, na qual seu principal objetivo era realizar a pista no menor tempo possível com o maior número de pontos (os pontos eram dados em alvos distribuídos no campo de tiro).

O IDSC (International Defensive Shooting Confederation) também é uma modalidade de tiro, porém, que tem como o objetivo a prática de defesa pessoal com o porte oculto do armamento, na qual dentro do cenário de tiro, é criado uma simulação da vida real para todos os praticantes. A CBTD (Confederação Brasileira de Tiro Defensivo) é quem detém dos direitos de qualificação do esporte.

Para a participação na modalidade do IDSC, o atirador terá como uso armas e equipamentos nas mesmas condições que faria uso na vida real e por isso, são proibidos o uso de modificações nas armas e nos equipamentos, ou seja, deverão ser utilizadas da mesma forma que saem de fábrica. No IDSC, os equipamentos devem ser de serviço ou de defesa e a arma precisa estar velada por uma jaqueta, camisa ou colete.

No IDSC, existem três tipos de pistas: As pistas de situações conhecidas, as desconhecidas e a prática de exercícios. Devido ao objetivo da prática ser o mais próximo possível da realidade, não há separações por categorias de armas curtas, rifles e espingardas, já que o inimigo não age ou não se importa com tal maneira.

Os alvos distribuídos na pista de tiro do IDSC são de formato humanoide ou de alvos metálicos e são denominados como zonas A (Alpha), B (Bravo) e C (Charlie). Os tiros realizados na zona Bravo contam 2 segundos, na Charlie 5 segundos e na Alpha nenhum – tiros realizados que não foram atingidos no alvo e que atingiram o limite da zona serão considerados como “Miss” e acrescentarão 10 segundos.

A pontuação da IDSC é baseada no tempo, na qual a pontuação do tempo é feita de acordo com o tiro realizado no alvo (cada zona determina a pontuação em segundos). Como no IPSC, no IDSC também possuem os oficiais de competição, que neste caso são:

Diretor de prova (Match Director – MD): O Diretor de Prova tem a última palavra sobre qualquer questão interposta ou quanto à violação da segurança pelo atirador.

Chief Defensive Shooting Officer (CDSO): Tem como função auxiliar o Diretor de Prova para atuar como seu assistente nas atividades da pista, segurança, resolvendo questões de arbitragem que se apresentem ao DSO, ou para declarar falha de equipamentos ou desclassificações.

Defensive Shooting Officer (DSO): São responsáveis pela manutenção de um ambiente seguro na pista, dando as instruções da pista de tiro, operando o “timer”, pontuando os alvos, observando violações de procedimento e registrando o tempo, entre outras informações, nas folhas de pontuação dos atiradores. Normalmente, pelo menos, haverá dois DSO designados para cada pista de tiro.

Policial Militar realizando a prática do IDSC.

O tempo que um competidor leva para responder a uma ameaça letal com sua arma é muito importante, porém a precisão é mais importante ainda. A precisão é mais relevante do que a velocidade com a qual o competidor corre pela pista de tiro.

As divisões para a prática do IDSC são as seguintes:

– Hard Pistol (HP): Somente pistolas semi-automáticas calibre 9mm (9×19) ou calibre superior (.40 e 45 ACP)

– Soft Pistol (SP): Pistolas semi-automáticas de calibres inferiores a 9 mm (9×19) (.380, 7.65 etc.)

– Mini Pistol: Comprimento de cano no máximo de 2,5″ e calibre acima de .45.

– Hard Revolvers (HR): Revólveres de calibre .38 ou superiores.

– Soft Revolver: (SR) Revólveres de calibres inferiores ao .38.

– Mini Revolvers: Comprimento do cano máximo de 6,7″ e quaisquer calibre.

– Carabinas / Rifles: Calibre mínimo de .223/5.56mm e comprimento máximo do cano de 24″.

– Shotgun: Calibre mínimo 12 e comprimento máximo do cano de 24″.

– Air Pistol e Air Rifles.

Neste vídeo abaixo, você pode conferir melhor e visualmente como funciona na prática o IDSC:

Créditos ao canal Lado R.

E é isso aí galera, este foi o nosso artigo sobre o que o IDSC, que é uma prática que vem aos poucos crescendo em nosso país. Para mais informações de regras, procedimentos e competições no seu Estado, você pode encontrar em: idscbrasil.com.br

Diz aí pra nós, você sabia que o IDSC era uma prática de tiro defensivo?

E por hoje é só, um grande abraço e até a próxima.

Comentários

    1. É necessário fazer todo o procedimento junto ao exército para obter o CR (certificado de registro). A partir desse ponto é possível solicitar a compra de uma carabina .22 .

  1. É um tiro mais lento e preciso, o atirador usa mais as notas da arma, o IPSC é muito mais rápido. Gostei muito, vale como um ótimo treino e deve ser bem competitivo porusar armas standard, legal!

    1. Tanto o IPSC, quanto IDSC são modalidades sensacionais! Vai do que cada um está procurando e quer praticar, se é precisão e desempenho ou velocidade e força. 😎

  2. I’m really enjoying the theme/design of your site.
    Do you ever run into any internet browser compatibility issues?
    A number of my blog visitors have complained about my site not working correctly
    in Explorer but looks great in Safari. Do
    you have any ideas to help fix this issue?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *